sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012


Tentei olhar para trás hoje e não consegui ver nada, parece que não havia mais passado que tudo que passou se apagou no tempo como borracha apaga o lápis.




Busco sonhos dentro de mim, ouço músicas que me emocionam e às vezes tem cenas que me fazem deixar as lágrimas rolarem... Antes parecia que tudo tinha um sentido, um porque, antes eu tinha para onde ir, o que esquecer, do que fugir e agora toda esta calmaria que se instalou dentro de mim me trouxe na verdade tanta confusão, gritos, brigas internas, um furacão dentro de mim que eu não sei como controlar e nem o porquê ele veio, se o que eu queria tanto era que acontecesse exatamente o que eu tenho agora nada mais pra lembrar, lutar, sofrer e querer. Acho que isso é o tempo que passou de verdade agora não só dentro de mim , mais fora também ...a vida segue!
Mais pelo que tenho observado todo mundo quando tira algo de um lugar coloca algo de novo para enfeitar ou somente para ocupar o tal espaço vazio, eu não sei em que momento me perdi ou enlouqueci e sai tirando tudo do lugar, jogando tudo fora, quebrando e juntando os cacos e segui desenfreadamente em frente deixando todos os espaços que me causavam dor, lembranças, medos e saudades vazios... O tempo passou e eu voltei para ver o que ficou e percebi que somente o que permaneceu daquele tempo fui EU... Assim verdadeira como sempre, intensa mais tensa.
Deixei tudo vazio e mesmo assim ainda sinto doer algumas vezes e já aprendi a fugir dessa dor com tanta facilidade que ela faz com que eu me sinta sozinha quando estou sem ela. Agora estou à espera para preencher estes espaços vazios, mais percebi que me tornei tão seletiva que não posso pegar uma coisa aqui e aceitar outra ali para que meus espaços fiquem cheios, decorados e coloridos, ainda prefiro um retrato cortado, uma foto preta e branca ou um ponto de interrogação nestes lugares do que por algo que possa me trazer todas aquelas chamas queimando sem parar dentro de mim novamente.
Um dia eu volto e retomo as rédeas da minha vida, tiro a nevoa do meu olhar e tiro a pedra do meu coração, logo me entrego e me desapego me permito e te conquisto mesmo parecendo esquisito eu insisto que acredite que eu não minto quando digo que eu não desisto de mim porque dentro de mim tem um pouco de muito de você.
Então sigo assim metades inteiras e vazios COMPLETOS!




quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012




Pior é que o tempo passa e mesmo assim a gente sempre gosta do que não vale a pena...ta ta não precisamos exagerar não é assim o tempo todo, mais é assim ás vezes quando a gente deixa de alimentar devidamente a razão e subitamente começamos a alimentar o coração e lá vem novamente agente gostando do que não vale a pena!





E ai você me pergunta mais o que não vale a pena de verdade?Haaa muita coisa não vale a pena, como sofrer, ficar ansioso, querer prever o futuro, ficar de mal com alguém que você nem sequer consegue ficar 2 segundos sem falar, reclamar da falta de: dinheiro, presença, sol, chuva, frio, calor, nem reclamar do excesso de: calor, chuva, gripe, saudade, medo, desejo.
E mesmo tendo tantas coisas que não valem a pena e que sabemos que não nos fazem bem porque será que mesmo assim continuamos a querer algumas dessas coisas ou a nos permitir vivermos certas situações ou a reviver constantemente tantos sentimentos que somente nos fazem mal? Porque reclamamos tanto do calor (eu faço isso todos os dias do verão exageradamente) mesmo sabendo que calor não vai passar, não importa o quanto eu reclame?Ou porque continuamos alimentando o amor, amizade, zelo, carinho por pessoas e momentos que sabemos que nos remetem a uma tristeza, decepção e a uma dor no peito imensa e que vai nos fazer chorar não importa de que maneira a gente tente reviver estes momentos ou reinventar estas pessoas?
De alguma forma em algum momento da nossa vida a gente se torna um pouco sadomasoquista, não sei se por falta de amor próprio (acredito que seja a maior das causas), não sei se porque temos que passar por isso para evoluir, não sei se por acreditarmos que podemos mudar as pessoas ou se porque queremos provar para nos mesmos o quanto somos fortes e podemos superar algumas dessas coisas que não valem a pena ao invés de simplesmente vivermos uma vez, sentirmos uma vez e deixarmos de lado tudo o que não nos faz feliz, tudo que não nos coloca para frente e adiante.
Tenho a plena certeza que estamos neste mundo para sermos felizes, mas tenho mais certeza ainda que isso só depende de cada um de nos e descobri que quanto mais nos apegarmos e gastarmos nossa energia com o que não nos faz bem, com o que não vale a pena, com coisas mesquinhas e quanto mais tentarmos mudar o mundo e ficarmos pré – ocupados tentando provar para nosso super-ego que somos superpoderosos perderemos muito tempo repetindo atitudes, momentos, pessoas, sonhos, desejo e concretizações que farão da gente nada mais do que pessoas incompletas, infelizes, incapazes e sem condições alguma de se amar de verdade e de amar ao próximo.
Erre, faça não valer a pena, todo mundo fez, faz e fará isso um dia em sua vida porque ser perfeito sempre não tem a menor graça.
Sinta, viva e permita com que as águas passem e levem embora a sua “sujeira” e mesmo que em algum cantinho ela deixe um pouco da “sujeira” do outro aproveite para perceber que o seu umbigo não é o centro do universo, que todos tem seus medos e desafios, suas carências e suas virtudes...E que tudo que não vale a pena sirva para que você cresça, porém isso não quer dizer que você deverá insistir sempre na mesma situação, nem provar dos mesmos sentimentos durante toda a sua vida...Permita que você experimente o novo e não tudo denovo, renove-se a cada momento em que seu corpo pedir, esqueça sim um pouco o coração mais nunca por muito tempo,deixe a razão de lado por alguns momentos mas nunca solte a sua mão, porém JAMAIS permita se esquecer ou deixar de lado a sua essência ela lhe mostrará sempre que for preciso todo o caminho de volta para casa cada vez que você sentir perdido e sem alma , será ela que lhe devolverá o seu brilho no olhar.

Deixe o que não vale a pena fazer parte da sua vida por alguns segundos, o que lhe deixa indecisa por alguns minutos, o que lhe deixa eufórica algumas horas, o que lhe causa dor por alguns dias, o que lhe causa desejo algumas semanas, o que lhe traz confiança alguns meses, o que lhe traz felicidade e te faz sentir amor alguns anos, mais a fé em Deus e a sua Essência devem permanecer com você eternamente, para sempre, além do infinito, até o recomeço de uma nova vida. Amém.

Sonhos Realizados

Sonhadores

Encontre- me!

Fan Page

Autora

Minha foto
Itajaí, Santa Catarina, Brazil
Porque escrever me leva e me eleva! Cura qualquer ferida e faz com que eu leia e decifre alma de alguém em algum lugar do universo!
Tecnologia do Blogger.

Minhas Inspirações

Postagens populares

Amores