quinta-feira, 26 de julho de 2012














Haja o que houver sorria e solte gargalhadas, 
fale o que pensa e grite o que te incomoda, 
sinta o que lhe toca e abrace o que você quiser tocar, 
mate sua fome, suspire por um amor, 
se perca na malícia, chore de verdade e grite bem alto, 
pule enquanto dança, abrace bem apertado, 
empurre o indesejado, se jogue no chão e levante.
Aumento, invente, tente, acredite, deseje, 
sinta o frio na barriga, veja seus olhos brilharem, 
beije de língua demoradamente, dê um beijo 
estalado na bochecha, estrale o pescoço e os dedos,
inspire e suspire seu ar por quem ou pelo que você 
tiver vontade.
Haja o que houver seja minimalista e despojada, 
viva intensamente como se estive sozinha dentro
do seu palácio e cometa exageros sim,
e daqueles bem grandes que façam você se sentir 
VIVA!

Exageradamente Viva e Feliz!
terça-feira, 24 de julho de 2012





















Quando vamos parar de nos decepcionar com as pessoas que amamos e que por hora confiamos cegamente?Como entender que uma pessoa que esta na vida de outra há menos tempo que você seja mais importante?
Há quem de fato ou ao que devemos confiar e criar expectativas? Perguntas dúvidas medos, receios, vontades e desejos tudo isso que toma conta da nossa mente e nos faz pensar desesperadamente que somos nada!
Nada a fazer é o que vos digo! Siga seus passos de mãos dadas com a companhia das suas perfeições e imperfeições, não acredite tanto no próximo, não espere nada em troca, não ame alguém mais que á ti mesmo, e jamais em tempo algum crie expectativas e sempre a todo o momento que você poder pratique o desapego.
Não se sinta culpado ou isolado por isso, não se afaste dos amigos e das pessoas a sua volta e nem pense que amigos não valem a pena porque existem as amizades verdadeiras ainda (Amém) apenas afaste teus sentimentos do coração destas pessoas, ame o próximo mais sem que eles saibam, mas não ame a ponto de sentir saudades, nem de querer lhe contar todos os seus segredos e muito menos a ponto de esperar a tal reciprocidade, ninguém mais hoje em dia funciona na base da troca ou da consideração (ok sem generalizar, algumas poucas e “idiotas” pessoas vivem assim ainda), hoje se vive na base do benefício próprio para ser mais clara interesse, não acredite que o mundo não tem conserto ou que você é louco... A vida muda, o mundo gira e você somente precisa se adaptar a essa nova “sociedade alternativa” que faz com que o mundo gire ao redor do seu próprio umbigo, diria que estamos num poder centralizador neste novo mundo...
Não fique para traz centralize-se você também, mantenha o foco em você, no seu umbigo, nos seus interesses e nos seus sonhos.
Porém se assim como eu você ainda seja uma dessas pessoas “idiotas” que acreditam que amizade, amor, parceria, troca e consideração ainda valham a pena e tenham ainda volta então o que posso lhe desejar é boa sorte nessa caminhada sem máscaras em que insistimos acreditar!






Que a fé me dê certezas e minhas verdades mantenham meu coração tranquilo e meus olhos verdadeiros!

terça-feira, 17 de julho de 2012



E cada coisa acontece exatamente milimetricamente e perfeitamente no lugar, momento e forma que tem que ser.
Cada acontecimento, cada gesto, cada palavra, cada perda, cada ganho, cada concretização, cada vitória, cada ofensa, cada elogio, cada lágrima, cada sorriso, cada dor e cada suspiro são perfeitos... 




Aprenda que cada milésimo de segundo da sua vida é nada mais do a perfeição de Deus tocando na sua vida porque somente ele sabe como e quando por cada coisa em seu lugar e somente ele tem a certeza que neste jogo você será o grande vencedor, pois o que ele planeja para você e para sua existência nada mais é que a verdadeira felicidade!

quinta-feira, 12 de julho de 2012


E se fez silêncio a minha volta, fiquei surda e tudo que se movia parece que não tem mais sons...Tudo que era rápido está em câmera lenta e até o ar que respiro parece me sufocar de tão lento que ele vem até meus pulmões...tudo está devagar devagar há vagar quase parando.
Mais dentro de mim se faz uma confusão tremenda, um frio na barriga e meu coração nunca bateu tão acelerado, as mãos tremem e os olhos chegam a lacrimejar de tanto arder com o calor que sinto dentro do meu corpo.
Enlouqueço e esqueço por instantes de tanta ansiedade e de tanto barulho que o silêncio causa dentro de mim, descobri que o que me acalma e me mantém serena não é o silêncio e a tranquilidade, o que me causa paz é exatamente todo o movimento num ritmo intenso, desenfreado e louco que o mundo pode causar a minha volta, viver intensamente e loucamente me causa paz, silêncios me causam barulhos insanos e rancorosos.



terça-feira, 10 de julho de 2012

Então singelamente se afaste!





No mundo existem pessoas que despertam o que há de melhor em você, mais também descobri que existem pessoas que despertam o que há de pior!
Então faça um diagnóstico entre as pessoas a sua volta e perceba quem é quem!
E quando perceber singelamente lhe abrace ou se afaste!
Enquanto você insistir em continuar a conviver com pessoas que fazem com que o seu pior venha à tona sua vida não irá para frente nem por um decreto... Você deve focar em por para fora o que há de melhor em você e como não somos perfeitos e nem vivemos sozinho temos que aprender a selecionar sentimentos e pessoas, há sentimentos bons e outros ruins, há pessoas que fazem com que a gente seja bem melhor, pois elas são do bem, positivas, verdadeiras e leais essas pessoas geralmente quando estão por perto fazem com que o que há de melhor e mais lindo em você cresça e apareça e você acaba se tornando uma pessoa mais feliz, mais realizada e mais leve... Porém acredite há pessoas negativas e que por mais que você goste delas se começar a observar alguns fatos e atitudes irá perceber como é fácil regredir quando elas estão por perto.
Claro que nosso bem estar depende principalmente de nos mesmos e da nossa força de vontade, mais como acredito que nem todo o dia podemos estar cem por cento e que o mundo é feito de energia acredito também que existem pessoas que ninguém merece, pois elas passam e além de pegar sua energia positiva para elas ainda conseguem injetar dentro das nossas veias todas suas energias negativas então dessas pessoas singelamente se afaste.
E quanto às energias boas, pessoas leves, sentimentos bons esses irão lhe despertar o que há de mais belo, mais feliz e de melhor em você deles simplesmente abrace e se farte!

Aahbran!
sexta-feira, 6 de julho de 2012



E agora tudo que antes me enchia e me completava agora transborda em mim... E o que era tudo se transformou em nada e todas aquelas vontades cheias de entusiasmos foram embora e pior que eu nem percebi como isso foi acontecer, quando vi já estava em mim, ou melhor dizendo tudo já estava longe de mim, é incrível como é difícil você aceitar que um dia algo que era somente teu agora não faz nem mais parte da sua vida e nem das suas lembranças  e não por falta de amor, vontade, esperança ou querer mais simplesmente porque viver nos proporciona oras  alegrias com as conquistas, oras nos ensina que perder faz parte e quando você aprende de verdade que tudo tem que ser conforme a vontade de uma força bem maior que a sua você simplesmente aceita que o mundo dá voltas e que em algum momento será preciso se permitir transbordar com sensações, pessoas e sentimentos novos.
Tudo muda em sua volta e talvez algo mude dentro de você, aceite as mudanças mais não desista dos seus sonhos, não se sinta fraco em desistir algumas vezes e nem se sinta humilhado em insistir muito outras vezes, o que importa no final é você nunca desistir de você mesmo e do que lhe toca o coração de verdade.
Permita-se viver toda essa metamorfose que em algum momento a vida lhe trará de forma plena e intensa. Transborde-se mais vezes!

quarta-feira, 4 de julho de 2012







Eu só quero ser louca e que minha insanidade fique em mim, não me importa que o mundo deseje pessoas normais e tolerantes porque eu detesto ser tolerante e quanto a ser normal não aprendi como ser, nem como aprender a ser.



Deixe-me aqui com meus momentos de fúria contemplando minha imagem no espelho e vendo meu olhar me confessando o quanto o amor me fez falta durante todo este tempo.
segunda-feira, 2 de julho de 2012

Suplico neste momento desesperadamente que se faça silêncio em mim!



Queria conseguir ouvir e engolir, parar, olhar e calar, pois o que preciso agora é de um grande silêncio dentro e fora de mim... Cansei de opinar, escutar, falar, cantar, pensar e ouvir, ás vezes todas essas lembranças que acabei esquecendo me causam barulho também e até mesmo as conversas de agora onde eu falo desenfreadamente me martelam a alma, me dão um nó na garganta, me doem a cabeça e me fazem querer voltar atrás para poder literalmente engolir a língua.
Falta-me discernimento neste momento para poder ouvir e calar, o meu entusiasmo que toca meu superego me transforma em palavras desenfreadas, enroladas, aceleradas, enroscadas, sem pontos, nem vírgulas, muito menos parênteses me atropelo dentro de mim mesmo nas minhas convicções e ai tudo parece um texto sem contexto, um desabafo, um refúgio sem qualquer chance de me fazer sentir protegida e confortável.
São tantas opiniões que me sinto dentro de um redemoinho, fico tonta e sem chão mais nada que eu tente fazer para consertar adianta.
Sinto agora a necessidade de monólogos nos quais eu seja simplesmente a ouvinte muda que houve e lhe entendo com os olhos, com a alma e com o coração, sem precisar falar nem uma única palavra que emita qualquer tipo de som ou ruído.
Calo-me agora e para sempre, me calo por alguns instantes e segundos, por minutos e impulsos, calar, calar, calar, quero aprender a calar, quero me emocionar, me revoltar, amar, odiar, me machucar, criticar, protestar, opinar, gritar e viver, mas quero poder fazer isto tudo no mais lindo, pleno e belo SILÊNCIO!

Sonhos Realizados

Sonhadores

Encontre- me!

Fan Page

Autora

Minha foto
Itajaí, Santa Catarina, Brazil
Porque escrever me leva e me eleva! Cura qualquer ferida e faz com que eu leia e decifre alma de alguém em algum lugar do universo!
Tecnologia do Blogger.

Minhas Inspirações

Postagens populares

Amores